Sentimentos

Visita inesperada…

​Avistei de longe você caminhando em minha direção, percebi seu esforço para chegar de fininho , porém notei que a marçaneta da porta estava enferrujada o que dificultou muito sua entrada.

 Sim , a porta estava trancada com o cadeado mais potente que eu tinha, mas você consegui chegar até a última grade e bem mancinho me pediu a chave e eu não vi a hora em que destranquei. Eu resolvi ceder o espaço,  já que você ultrapassou os aços que entrelaçavam o portão. Por você eu abrir a porta que a muito tempo tinha sido fechada , eu abrir a porta do meu coração para que o amor pudesse entrar. Ofereci um café, logo mais um chá, na verdade foi um pretexto para ele demorar mais tempo sem conseguir me machucar. Eu me tornei novamente disposta, parecia que o amor nunca tinha me machucado , eu dei um brilho e juntei os cacos,pintei a janela e troquei a sala de estar do coração. Dessa vez eu esqueci o livro que costumava ler todos os dias e troquei por um diário em branco no qual só o amor conseguiria escrever . Eu me alistei na batalha novamente, rasguei as cartas que me tornava dependente , eu decidir te amar pra valer.

Anúncios
Padrão

4 comentários sobre “Visita inesperada…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s